ALEPE dá exemplo de inclusão social e profissional

Imprimir

A estudante de jornalismo Pâmela Melo, que tem uma deficiência física, completou um ano de

atividades de estágio na superintendência de Comunicação da Assembleia de Pernambuco. Ela faz parte do Programa de Estágios da atual gestão da Casa que disponibiliza vagas de estágios a pessoas com deficiências. O presidente da ALEPE, Eriberto Medeiros, destacou que o exemplo de Pâmela é fundamental para pessoas como ela que buscam inserção no mercado de trabalho. “Ficamos muito felizes por dar essa contribuição e a ela e alegres por sua coragem de enfrentar esse desafio”. A estudante disse que sente-se muito acolhida: “Só tenho a agradecer por essa oportunidade. O que mais agradeço é por terem enxergado além da minha deficiência, conseguiram ver o meu potencial”.

Em 2019, o Legislativo pernambucano ganhou o prêmio “Assembleia Cidadã”, concedido pela Unale, pelo projeto “Alepe Acolhe”.